Arquivo da tag: alergia

Alergias e Demodiciose

Dimi & Calvin

Oi pessoal, esse é nosso segundo post e vamos falar sobre 2 doenças dermatológicas que atingem muitos cachorros, inclusive o bulldog Frances, são elas:  alergias e demodiciose. Primeiro vamos contar como surgiu e como foi descoberto. O Calvinho quando tinha aproximadamente 3 meses, apresentou uma queda de pelos muito grande na pata direita e que acabou passando para o Dimi também e descobrimos que era um fungo. Foi tratado com pomada e remédios, e os pelos nasceram de novo e eles ficaram bem. Até que em maio, o Calvin começou a apresentar umas lesões na pele, como se fossem buracos sem pelos, e apareciam em áreas muito diferentes, cabeça, pernas, barriga e pescoço. Meus pais correram para o veterinário no Rj que disse que era para tratar como havíamos tratado o fungo da outra vez, receitou a pomada, só que não víamos melhoras nenhuma, ao contrário só aumentavam as lesões…

Ver o post original 498 mais palavras

Adeus mofo

blogwebreforma

O aparecimento de manchas de mofo na roupa pode ser resultado de vários fatores, entre eles a umidade do armário ou das paredes de nossa casa. As roupas de algodão e outros materiais orgânicos são uma fonte de alimentação perfeita para o aparecimento delas. E como tirar essa sujeira toda?

O tempo de permanência da macha de mofo e bolor no tecido é que vai determinar se ela poderá ser eliminada ou não. Manchas recentes, que apareceram há algumas semanas, podem ser retiradas de forma simples. E é possível mensurar o tempo das manchas pela cor. As com tons violetas, pretos e esverdeados são as mais antigas e que estão impregnadas no tecido. Para não estragar o tecido, com possíveis repetidas operações de retirada do mofo, a dica, nesses casos, é optar pelo tingimento da peça de roupa. 

Já as manchas recentes podem ser removidas na lavagem da roupa, acrescentando alvejantes com ou…

Ver o post original 372 mais palavras

Xarope Caseiro

Receita rápida de xarope caseiro contra tosse (pra não ficar toda hora tomando remédio):

Bata no liquidificador 1 maço de agrião fresco e a este suco acrescentar a mesma quantidade de mel. Misture em fogo baixo até engrossar. Tome 1 colher desse xarope 3 a 4 vezes ao dia.

Outra alternativa:

Passe 4 cenouras na centrífuga e junte 1 xícara de mel. Misture em fogo baixo até engrossar. Tome 1 colher desse xarope 3 a 4 vezes ao dia.

Dicas Para Alérgicos

Nessa eu sou especialista! Vamos lá:

– limpe sua casa somente (ou o máximo possível) com álcool. O álcool limpa, mata os monstrinhos e ainda por cima não deixa cheiro.

– Areje a casa sempre que puder, abrindo janelas, portas de armários, etc

– se estiver em um período com muita alergia, faça um período de “dieta” para alérgicos, ou seja, não coma NADA que contenha conservantes, corantes, aditivos, etc. Estes aditivos na comida só irritam mais o organismo do alérgico.

– para lavar a roupa, existem produtos (sabão em pó, amaciante) anti-alérgicos.

– na cama, cubra o colchão e seu traveseiro com uma capa de PVC, sendo que os lençóis e fronha devem ser colocados por cima dessa proteção.Troque a roupa de cama toda semana, e a fronha, se possível, mais de uma vez por semana.

– o site da Alergoshop (www.alergoshop.com.br) tem muitos produtos de várias categorias para alérgicos. Eu sou fã do ADF, um spray anti ácaro que resolve mesmo.

– evite ao máximo ficar guardando em casa coisas que acumulam pó (papel, enfeites, livros). Se puder, doe seus livros e compre um leitor eletrônico.

– Se possível, faça aulas de ioga ou pilates, lá você vai aprender a como respirar corretamente e melhor.

– Se tiver asma, acho que a coisa mais importante é não se desesperar. Tente se acalmar, o nervosismo só vai piorar a situação. E utilie a medicação adaquada, obviamente.

– Avise a todas as pessoas que você conhece sua condição de alérgico, principalmente se você tiver alergia a comida. E os oriente do que fazer numa situação em que você passar mal.

Estas são dicas que eu faço no dia a dia, para tentar melhorar minha qualidade de vida. Obviamente, eu também faço acompanhamento médico. É muito importante para você saber qual (quais) tipos de remédio tomar e em que dose. Já fiz também por duas vezes o tratamento de imunização. Ele funciona mesmo, e os efeitos do tratamento duram por uns anos.